Um trauma na infância ou adolescência pode influenciar na vida adulta?

Sim. Por exemplo, adultos que foram vítimas de abuso sexual na infância podem manifestar sintomas de depressão, insônia, melancolia, desmotivação, insegurança em relação à vida, além de comportamentos inconscientes de autossabotagem, especialmente em relação à autoimagem, como sobrepeso.

O trauma na infância pode distorcer a visão do indivíduo sobre si mesmo com alto grau de depreciação na idade adulta. É importante ressaltar que se trata de um comportamento freqüente em pacientes com o mesmo histórico traumático, os quais costumam focar suas deficiências, enfatizando sempre aquilo que falta alcançar, deixando de lado ou não conseguindo reconhecer as conquistas já realizadas. Esse é apenas um entre muitos exemplos de como um trauma de infância ou adolescência pode influenciar a vida adulta. Nesses casos, o processo terapêutico emprega a estratégia do integrar (do latim integrare – tornar inteiro), a qual consiste em resgatar e fortalecer os valores positivos, capacidades e talentos do indivíduo ainda não percebidos pelo mesmo.

Trecho de entrevista concedida ao O site Abílio Diniz ((http://abiliodiniz.uol.com.br/abilio-diniz.htm))