Quais são os principais tipos de traumas psicológicos?

Geralmente o trauma envolve o efeito-surpresa e o desamparo diante de uma ameaça física ou subjetiva à própria vida, ou à vida de pessoas amadas. Entre os traumas mais frequentes das pessoas que buscam psicoterapia podem-se citar: Separação conjugal (infidelidade, conflitos etc.); Perda de entes queridos (especialmente familiares); Abortos; Acidentes; Assalto; Sequestro (com cativeiro, relâmpago, domiciliar); Violência sexual; Decepções (quebra de confiança, enganos etc.); Mudanças drásticas de vida (cirurgias, enfermidades, perda de emprego etc.); Testemunho ou sofrimento pessoal de violência; Conflitos familiares (discussões graves, brigas etc.) entre outros. São várias a manifestações decorrentes do trauma psicológico. A teoria da “reação universal ao trauma” foi relativizada a partir de estudos que mostraram um grau de variedade individual em processar os eventos ocorridos durante a vida e as emoções básicas. Muitas vítimas de eventos estressores procuram apoio profissional, literatura, apoio de amigos, enquanto outras enfatizam o silêncio, o isolamento, o colapso e/ou a vitimização.