Sintomas de Depressão

Nos sintomas da depressão, os critérios de diagnósticos envolvem a presença de cinco ou mais dos seguintes sintomas por duas semanas (todos os dias ou quase todos os dias).
Sintomas da Depressão

Os Sintomas da Depressão são:

  • humor deprimido ou perda do interesse ou prazer:
  • Interesse ou prazer acentuadamente reduzidos;
  • Humor deprimido (tristeza);
  • Perda ou ganho significativo de peso (apetite) sem estar em dieta;
  • Insônia ou hipersonia;
  • Agitação ou retardo psicomotor;
  • Fadiga ou perda de energia, entre outros.

Um belo estudo conduzido pela norte-americana Kathleen Brady, em 1997, mostrou que a manifestação de pelo menos um outro transtorno, secundário ao trauma, foi observada em 88% dos homens e 79% das mulheres, sendo mais comuns alcoolismo e abuso de outras substâncias (maconha, cocaína, estimulantes), depressão, transtornos de conduta, transtornos de ansiedade, transtorno de pânico, fobias e quadros de mania.

Outros estudos na população americana revelam que entre as patologias co-mórbidas ao TEPT mais frequentes destacam-se: transtorno de humor, especialmente depressão (entre 46 e 51%); transtorno de ansiedade (29 a 56%); abuso/dependência de substâncias psicoativas (27 a 80%); transtorno obsessivo-compulsivo (13%).

Além destas comorbidades, pacientes com TEPT têm probabilidade três vezes maior de  apresentar sintomas de somatização (doenças psicossomáticas) e dissociação (desagregação temporária ou permanente das funções psíquicas).

Chamo a atenção para as comorbidades porque elas podem diminuir as chances de que se realize o diagnóstico do TEPT. Muitas vezes, quadros mais conhecidos, como o transtorno depressivo, são diagnosticados primeiramente.

A comorbidade depressiva merece uma atenção especial, considerando-se que:

  • Grande número de pessoas apresenta depressão (alguns estudos a apontam em quatro entre cada dez pessoas).
  • Conforme a Organização Mundial de Saúde, é a segunda causa de incapacidade no trabalho (a projeção é que, até 2020, seja a primeira da lista).
  • Apenas 10% das pessoas deprimidas recebem tratamento adequado.

Em outras palavras, depressão é a doença mental mais comum no mundo. Os critérios diagnósticos envolvem a presença de cinco ou mais dos seguintes sintomas por duas semanas (todos os dias ou quase todos os dias), incluindo humor deprimido ou perda do interesse ou prazer:

  • Interesse ou prazer acentuadamente reduzido.
  • Humor deprimido (tristeza).
  • Perda ou ganho significativo de peso (apetite) sem estar em dieta.
  • Insônia ou hipersonia.
  • Agitação ou retardo psicomotor.
  • Fadiga ou perda de energia.

Enfim, se você percebe os sintomas da depressão, procure por um profissional e um tratamento.

Julio Peres

Dr. Julio Peres – Psicólogo clínico e Doutor em Neurociências e Comportamento pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Fez Pós-doutorado no Center for Spirituality and the Mind, University of Pennsylvania e na Radiologia Clínica – Diagnóstico de Imagem pela UNIFESP. Para saber mais entre em contato pelo e-mail: contato@julioperes.com.br ou por
telefone: (11) 3288-6523.