Ser bem-sucedido em algo tem relação com superação de medos e traumas?

Ser bem-sucedido requer coragem, que tem em sua etimologia o significado “ato do coração”. O diálogo entre o medo e a coragem faz parte da vida de todos, e a despeito da crença de que uma condição exclui a outra permanecer predominante ao senso comum, a coragem pode ser fortalecida com a perseverança e o direcionamento da energia para fazer o certo. Diante da adversidade, a coragem e os resultados subsequentes, quando positivos, conferem uma autoimagem satisfatória de dignidade. O fator crucial ao desenvolvimento do bem-estar íntimo está em como os indivíduos percebem sua capacidade de investir seus recursos mentais, lidar com os eventos e controlar seus resultados. Por exemplo, os diálogos internos de autopiedade, incapacidade, insegurança, desamparo e autodepreciação podem realçar as emoções negativas e exacerbar o sofrimento. Por outro lado, as pessoas que cultivam, ou aprendem a cultivar diálogos internos de enfrentamento, procurando modificar o presente positivamente, constroem com maior facilidade o bem-estar.