Qual é o primeiro passo para quem quer superar um trauma?

Ter esperança. Os estudos sobre esperança destacam importantes ganhos adaptativos, como a potencialização da motivação e da confiança, para o enfrentamento de dificuldades graves. Podemos verificar objetivamente que a falta de confiança e esperança, por outro lado, pode favorecer o esmorecimento diante do trauma. A religiosidade e a espiritualidade para enfrentamento do trauma têm algo especial a oferecer: pode, de maneira única, capacitar os indivíduos a responderem a situações em que tenham de se deparar com os limites do poder e do controle humanos no confronto com a vulnerabilidade e a finitude.

Trecho de entrevista concedida ao O site Abílio Diniz ((http://abiliodiniz.uol.com.br/abilio-diniz.htm))