Quais são os principais fatores relacionados ao crescimento pós-trauma?

Ao contrário do que se acreditava, psicólogos e psiquiatras começam a reconhecer o trauma como uma oportunidade para os indivíduos transformarem suas vidas para melhor. Experiências traumáticas podem criar oportunidades de crescimento pessoal através da introdução de novos valores e perspectivas para a vida. A angústia e o crescimento pós-trauma podem caminhar juntos e a melhora da qualidade de vida após a psicoterapia envolve geralmente cinco fatores: (1) desenvolvimento de novos interesses e objetivos; (2) apreciação e valorização da vida; (3) melhor relação familiar e interpessoal; (4) resgate da religiosidade e espiritualidade no dia-a-dia; (5) e descoberta de força e recursos pessoais para superação de adversidade. Em linha com alguns estudos publicados recentemente no Journal of Traumatic Stress, tenho observado que o crescimento pós-trauma se relaciona diretamente com o fortalecimento do caráter e o desenvolvimento das virtudes (ex: coragem, justiça, temperança, sabedoria, paciência, amor e esperança). Após a psicoterapia, muitos pacientes referem que suas qualidades de vida são relativamente superiores a que tinham antes mesmo do episódio traumático ocorrer.

Trecho de entrevista concedida à FOLHA ESPÍRITA