Como superar a tristeza?

Nosso cérebro nos permite ver ou perceber o que conhecemos e acreditamos ser possível. A partir de nossas experiências construímos associações e padrões perceptivos. Traumas psicológicos podem exercer significativa influência na manifestação da tristeza em comportamentos como isolamento social, distorções de percepção da identidade pessoal e alterações da crítica e do julgamento. A psicoterapia aplicada a indivíduos que vivenciam profunda tristeza busca dissecar, trabalhar e desconstruir as associações estabelecidas entre os eventos que causaram tristeza e respectivos sistemas de crenças disfuncionais ao momento atual. No processo ativo de aprendizado o indivíduo organiza novas associações terapêuticas em detrimento das anteriores que disparava tristeza.