Durante a gestação, como um desequilíbrio físico e emocional, da mãe, pode prejudicar o bebê?

O estresse materno pode gerar substâncias neuroquímicas nocivas ao feto, que aumentam os batimentos cardíacos ou mesmo desencadeiam hiperatividade dos movimentos corporais de acordo com o sistema de alerta e nível do estresse da mãe.

Trecho de entrevista com o Dr. Julio Peres concedida para Revista Malu