A fé pode e deve ser trabalhada junto à psicoterapia

Segundo explicou o psicólogo e neurocientista Julio Peres: “Desconsiderar a crença de um paciente é perder um recurso muito importante que pode favorecer na superação de um trauma”.

Veja a matéria em que o doutor participa falando da importância da crença religiosa junto ao tratamento terapêutico para a superação de um trauma.

Para ler a reportagem na íntegra clique na imagem:

diarioweb_cidades_ArteFe

Site: www.diariodaregiao.com.br