Senti-me um Pai Fracassado…

Relato de Pedro, 49 anos, empresário, casado pela segunda vez e pai de dois filhos.

No ano de 2007, quando descobri que meu f lho estava viciado em drogas, senti-me um pai fracassado. Ainda que eu estivesse perto do meu filho fisicamente, eu não enxergava a tão importante dimensão psicológica. Fui buscar ajuda e descobri que a minha dedicação a ele dando o máximo de carinho, atenção e amizade iria nos ajudar.Ele iniciou a psicoterapia e eu passei a ficar mais próximo dele.
Descobri o porquê daquele acontecimento e comecei a ajudar o meu f lho a reconstruir sua autoestima mostrando quanto é bom viver,sempre acreditando em uma força maior que está nos ajudando… Isso foi fantástico! Hoje tenho a satisfação de ter ganhado um filho, um amigo e parceiro na vida! Estamos com muito mais diálogo e com maior entendimento em nosso lar, tanto com ele quanto o com outro filho, que me ajudou muito na união da família.Portanto, não ficamos mais pensando no passado,todavia vivemos este momento maravilhoso nos dando forças para vencermos juntos. Quando você ama seu filho não coloca limites para vencer com ele as adversidades da vida. Ele fez sua parte, e a vitória do meu filho é a vitória de todos!